Depósito de Pensamentos

she moves in her own way at Cornerstone in Machu Picchu.

June 28, 2014 9:58 pm

As coisas simplesmente belas

A beleza ta no jeito de falar, naquela ligação inesperada, no sorriso sem jeito. A beleza ta no jeito que olha, que fala e no silêncio tímido. Ta no frio na barriga, na saudade que não sabia que sentiria, na frase que não esperava ler. A beleza ta no toque das mãos, no beijo na testa, no abraço que aconchega. A beleza aparece mais na lembrança, ela ta nas coisas mais simples.

June 21, 2014 12:49 pm

Todo mundo quer um tipo.

Sou do tipo que gosta daquele tipo de gente que faz seu tipo mesmo sem fazer. Do tipo que liga e diz que é só pra ouvir teu silêncio do outro lado da linha e que te visita de surpresa só pra te ver. Do tipo que amolece com um SMS mas que choraria de alegria ao receber uma carta. Escrita! Não digitada. Do tipo que vidra em olhos mas que derrete em sorrisos, que faz cafuné e ama um dengo ao invés de uma festa com todos aqueles discos. Do tipo que vê barriga, braço, pescoço mas só enxerga sentimento, que toca com os olhos e fala com silêncio. Do tipo que adora flores e coisas clichês, mas amaria uma surpresa diferente, uma semente ou três. Do tipo que varia, mas que sente constante ou crescente. Que tem idade de menina mas pensa que é gente. Que ama uma barba com gostinho de carinho, uma palavra solta, o som da voz, o jeitinho. Do tipo que quer alguém sem tipo só pra fazer ninho e criar um tipo só, juntinhos.

February 25, 2014 12:49 pm
"Lá está ela, mais uma vez. Não sei, não vou saber, não dá pra entender como ela não se cansa disso. Sabe que tudo acontece como um jogo, se é de azar ou de sorte, não dá pra prever. Ou melhor, até se pode prever, mas ela dispensa. Acredito que essa moça, no fundo gosta dessas coisas. De se apaixonar, de se jogar num rio onde ela não sabe se consegue nadar."

Caio Fernando Abreu.  (via sacies)

(Source: desalentou, via believe-in-y0urself)

12:46 pm
"Você não consegue explicar, mas sente."

Renato Russo.     (via romantizar)

(Source: depreendido, via believe-in-y0urself)

12:46 pm
"Alguns não fazem parte da tua vida porque não querem. Outros, porque acham que você não quer. E ainda há quem esteja longe porque você nunca os chamou pra perto."

Thiago Grulha.  (via marquinhoosmark)

(Source: MARQUINHOOSMARK, via believe-in-y0urself)

12:46 pm
"Repara bem no que não digo."

Paulo Leminski.  (via sacies)

(Source: delator, via believe-in-y0urself)

January 17, 2014 11:13 am
"

Uma vez me disseram que o Amor era um nome. O primeiro que me viesse a cabeça. E eu nunca pensei que fosse seu que apareceria.

"

Jéssica Andrade

January 11, 2014 10:47 am January 9, 2014 6:42 am
"você está tão longe
que às vezes penso
que nem existo

nem fale em amor
que amor é isto"

Paulo Leminski  (via lecionar)

(Source: livroslivroslivros, via lecionar)

6:40 am
"I have fallen in love, and she is the one who endures. I killed her once and died for her many times and I still have nothing to show for it. I always search for her; I always remember her. I carry the hope that someday she will remember me."

Ann Brashares, My Name is Memory  (via fuckinq)

(Source: sunflowurrs, via cloakwars-deactivated20140303)

January 5, 2014 4:55 am

E aí eu percebi que não seria fácil mas que eu ia ter que aceitar e simplesmente deixar acontecer. Deixar que ele saísse da minha cabeça sozinho assim como entrou nela.

December 30, 2013 11:49 pm
"

Por favor, diz que se importou, nem que seja mentira. Só pra alguma coisa ter valido a pena pra mim. Só pra eu não precisar me arrepender do tempo que perdi com você. Só pra eu pensar que fui uma das poucas que você se importou, pra eu pensar que você um dia olhou pra minha foto e disse “eu gosto dessa garota”. Pra eu achar que fui essa garota, nem que seja mentira.

"
11:42 pm

E tudo que eu podia fazer era esperar. Esperar você crescer e olhar pra trás, ver tudo que perdeu e finalmente olhar pro lado e ver que eu fiquei. Fiquei esperando você crescer, pra finalmente,  olhar nos seus olhos e dizer “agora pode dar certo.”.

December 9, 2013 1:21 pm

O amor

Sabe quando você chega em uma festa fechada e a música invade seus ouvidos, te sufocando, te deixando muda perante o mundo fora de você? E te excluí de todo o resto, invadindo sua mente e desprendendo de qualquer pensamento? E então você se acostuma com aquele barulho, e a única voz que pode sair é você cantando aquela letra pra seus amigos lá mesmo? Mas então, a festa começa a cansar, você não está mais conseguindo ficar de pé, seus pés doem, seus amigos já não querem ouvir você cantando aquela mesma música. E você, cansado, apesar de ter amado a festa, tem que ir embora. E você sai pela porta, emergindo-se como intruso no silêncio. E aquele silêncio repentino se torna estranho, incomoda e te deixa louco, com vontade de voltar pra festa. Mas você não pode, porque acabou. E então você vai aos poucos aceitando o silêncio, mesmo com aquela música na cabeça, aquele momento, aquela pessoa. Aqueles risos. E então uma hora você percebe que o silêncio, a saída foi melhor. Pra que você saísse daquele mundo que te cegava com as luzes e flashs, e som que te deixava surdo. E aí você se acostuma com o vazio até a próxima festa. Isso é superação.

November 14, 2013 2:07 am